SINMED de Alagoas : existe recurso para manter toda a rede abastecida de medicamentos, mas a negligência e a morosidade travam todo o processo

Medicação é fator limitante



Cumprindo uma de nossas prerrogativas, que é a defesa da qualidade da política de saúde pública, endossamos aqui o questionamento sobre o fato de terem sido utilizados, até agora, somente R$ 2 milhões, dos R$ 77 milhões lançados no orçamento do Estado para aquisição de medicamentos ou seja, existe recurso para manter toda a rede abastecida, mas a negligência e a morosidade travam as coisas. 


Falta agilidade da equipe para cumprir o passo a passo de forma a evitar o desabastecimento. Ruim para o povo e também para o médico, que esbarra nesse fator limitante para ver melhora nos pacientes.


Fátima Vasconcellos, jornalista MTB/AL 414, ASCOM SINMED sindicato
dos medicos do estado de alagoas

Comentários