BRASIL : Atualização epidemiológica do surto de Febre Amarela (OPAS-OMS )

Febre Amarela Silvestre
Atualização epidemiológica - FA 24 de maio de 2017


No Brasil, desde o início do surto em dezembro de 2016 até 18 de maio de 2017, houve 3.192 casos relatados de febre amarela (758 confirmados, 1.812 descartados e 622 permanecem sob investigação), incluindo 426 mortes (264 confirmadas, 120 descartadas e 42 em investigação). A taxa de letalidade entre os casos confirmados é de 34%.


Os casos confirmados foram distribuídos entre 131 municípios em 7 estados (Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Pará, Rio de Janeiro, São Paulo e Tocantins).


No que diz respeito aos casos fatais confirmados e ao seu provável local de infecção :
80 Casos no Espírito Santo, 1 em Goiás, 164 em Minas Gerais, 4 no Pará, 5 no Rio de Janeiro e 10 em São Paulo. No
Houve mais 5 mortes confirmadas.



A taxa de letalidade entre os casos confirmados é de 50% em São Paulo, 35% no Rio de Janeiro, 34% em Minas Gerais e Espírito Santo.

Não foram confirmados casos ou epizootias em municípios do Espírito Santo (ES), Minas Gerais (MG) e São Paulo (SP) nas últimas duas semanas. As datas de início dos sintomas dos casos recentemente confirmados são 14 de março de 2017 (MG), 19 de abril (SP) e 24 de abril (ES).


O estado do Pará continua relatando quatro casos confirmados , e o estado de Tocantins relatou um caso confirmado . Além disso, um caso foi confirmado no estado de Goiás em uma área conhecida de risco para a febre amarela


Ainda não foi relatado casos confirmados até o momento no estado da Bahia,

No início do ano até 8 de Maio de 2017, foram notificadas um total de 255 epizootias em 78Municípios; 54 dessas epizootias foram positivas para febre amarela por RT-PCR em 28 Municípios, e 4 em bairros de Salvador.


Até à data atual, o vetor Aedes aegypti não tem sido descrito como tendo um papel na transmissão.Contudo, as epizootias confirmadas em grandes cidades, como Vitória no Espírito Santo 4, e Bahia, 3 representam um alto risco para uma mudança no ciclo de transmissão.

EDITADO E TRADUZIDO
SE COPIAR É OBRIGATÒRIO CITAR O LINK DO BLOG AR NEWS
FONTE:OPAS _ONU_WHO


BRASIL : Atualização epidemiológica do surto de Febre Amarela (OPAS-ONU ) Reviewed by Mário Augusto on 25 maio . Atualização FA No Brasil, desde o início do surto em dezembro de 2016 até 18 de maio de 2017, houve 3.192 casos relatados de febre amarela (758 confirmados, Rating: 2

Comentários