Obras recém-reformadas apresentam precariedades físicas próprias de malfeitorias,diz SINMED-AL

Paliativos
SINMED DE ALAGOAS

Por aqui, as sequelas da falta de compromisso dos gestores com a saúde pública viram cena patética. Obras recém-reformadas apresentam precariedades físicas próprias de malfeitorias, como é o caso da Nova Maternidade Santa Mônica e Unidades do PSF Maceió - a quantidade de goteira é tanta que o chão vive cheio de balde

EDITADO
SE COPIAR É OBRIGATÒRIO CITAR O LINK DO BLOG AR NEWS
Fonte:  SINMED coluna  ,domingo 01de julho no jornal GA
Fátima Vasconcellos, jornalista MTB/AL414, ASCOM SINMED sindicato dos médicos do estado de alagoas 99993-0301

Comentários