Começou o jogo político

Começou o jogo político -  Coluna Pedro Oliveira

Começou o jogo político -  Coluna Pedro Oliveira



A política alagoana tomou embalo novo esta semana com a reunião das lideranças maiores dos partidos de oposição ao governo do estado. O grupo resolveu mostrar sua cara e dar os primeiros passos efetivos em busca de ganhar as eleições em 2018. As pesquisas têm mostrado a real possibilidade de candidaturas de sucesso na base oposicionista que conta com nomes de peso na consagração das urnas. Do outro lado o líder maior, Renan Calheiros, amarga um processo de rejeição nunca visto em sua longa carreira politica, marcado por denúncias de corrupção, fato que literalmente lhe coloca em posição desconfortável na disputa para o Senado, se colocando em algumas pesquisas em quarto lugar. O governador Renan Filho, embora com a “caneta na mão” e dono da máquina pública de fazer votos, sofre danos colaterais intensos pela falta de políticas públicas de seu governo. Pesa contra ele “o prometido e não cumprido” durante a campanha política que o elegeu. O seu governo é lento, desorganizado e um tanto desacreditado. Certamente essa pauta de “falta de palavra” será usada nas eleições aonde ele chega fragilizado. Não bastasse e inércia do governo, respinga no governador o estigma do pai, com denúncias pesadas e ele próprio envolvido e denunciado pelo Ministério Público Federal.


“Temos uma boa e recheada pauta para a campanha, não bastasse as que fatalmente o governo já carrega nas costas. Ninguém acredita mais no que eles dizem e o desgaste vai ser grande daqui por diante”. Me dizia uma dessas lideranças oposicionista. 

O grupo de oposição conta com fortes nomes para a disputa majoritária, com reais chances de vitória. Entre estes o prefeito de Maceió, Rui Palmeira, considerado o nome mais forte para disputar o governo, apesar de não ter decidido ainda se será mesmo candidato. Tem boa avaliação e é “ ficha limpíssima” , item muito valioso na turbulência da politica , em tempos de corrupção generalizada. Tem também outros nomes de peso a exemplo do ministro Mauricio Quintella, ex-governador Teotônio Vilela Filho, senador Benedito de Lira, além de uma provável e reforçada candidatura do ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Cartas na mesa. O jogo vai começar. 


Coluna Pedro Oliveira

Pedro Oliveira - Facebook LINK
Avenida Fernandes Lima 1513/504 - Farol
Maceió - AL
(82) 3338.1756 (82) 8141.2500


Comentários