Todos os casos humanos confirmados foram em áreas previamente com epizootias em PNH por FA (Febre Amarela)

Todos os casos humanos confirmados  foram em áreas  previamente com  epizootias em PNH por FA




O Ministério da Saúde do Brasil, em seu último boletim da Febre Amarela relata que todos os casos humanos confirmados tiveram LPI em áreas onde foram documentadas epizootias em PNH por FA (Febre Amarela) previamente (Figuras 7 e 8), com exceção do caso confirmado pela SES/DF.

Locais de transmissão (áreas afetadas)

Os casos humanos e epizootias em PNH registrados nesse período de monitoramento estão dispostos em Tocantins, Distrito Federal, Mato Grosso, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo (Figuras 7 e 8), onde ações de intensificação da vacinação e da vigilância estão em curso.


FIGURA 7 • Distribuição dos casos humanos e epizootias em PNH confirmados para FA, por município do local provável de infecção, monitoramento 2017/2018 (jul/17 a jun/18), Brasil, até a SE 12
boletim março fa



Figura 7 -FIGURA 7 • Distribuição dos casos humanos e epizootias em PNH confirmados para FA, por município do local provável de infecção, monitoramento 2017/2018 (jul/17 a jun/18), Brasil, até a SE 12




municípios fa



FIGURA 8 • Distribuição dos casos humanos e epizootias confirmadas para FA, por município do local provável de infecção, Região Sudeste, monitoramento 2017/2018 (jul/17 a jun/18), Brasil, até a SE 12.
FIGURA 9 • Áreas Com Recomendação de Vacinação, Áreas Sem Recomendação de Vacinação, áreas afetadas e ampliadas e municípios participantes da Campanha de Vacinação contra Febre Amarela.
FIGURA 9 • Áreas Com Recomendação de Vacinação, Áreas Sem Recomendação de Vacinação, áreas afetadas e ampliadas e municípios participantes da Campanha de Vacinação contra Febre Amarela.

Comentários

Recentes