domingo, 4 de dezembro de 2016

Realidade virtual pode ajudar a aliviar a dor fantasma

Pesquisa realizada pelo cientista Max Ortiz Catalán e seus colegas que foi  publicada na revista The 
Lancet.
virtual
Virtual

Pacientes com partes do corpo amputadas muitas vezes sofrem de dores (crônicas) fantasmas que afetam seriamente a qualidade de vida . A causa específica destas dores ainda é desconhecido; mas parece que o cérebro não é suficientemente capaz de adaptar-se à situação após a amputação. O tratamento atual consiste em medicação, acupuntura, neuroestimuladores implantáveis ​​ou terapia . Neste último caso, a parte do corpo amputada com a ajuda de um espelho torna visível como se o membro estivesse inteiramente presente. Infelizmente, estes métodos não ajudam todos os pacientes.


Ortiz Catalán e outros pesquisadores têm agora um novo tratamento chamado de " execução motora fantasma . Esses algoritmos traduzem sinais musculares elétricos os quais são captados por eletrodos na pele com movimentos virtuais do braço amputado na tela do computador. Isso permite que o paciente reative áreas do cérebro que foram inicialmente utilizadas para mover o membro amputado.


Para examinar a eficácia do novo método, Ortiz Catalán avaliou 14 pacientes com dor fantasma crônica após concluir que as terapias existentes não funcionaram. Durante doze sessões de duas horas cada paciente recebeu várias tarefas, incluindo jogos de computador . Na última sessão, o nível de dor fantasma foi reduzida pela metade. Além disso, o sono e atividades diárias dos participantes do estudo reduziram (43% ) e dois participantes do estudo foram capazes de reduzir a sua dose de medicação para a dor.

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL
https://www.medischcontact.nl/nieuws/laatste-nieuws/artikel/nieuwe-therapie-voor-fantoompijn.htm
Leia Mais ►

sábado, 3 de dezembro de 2016

Mais de 40.000 adolescentes morreram de SIDA em 2015

aids relatório
SIDA UNICEF

O número de novas infecções pelo HIV em adolescentes deve aumentar de 250.000 em 2015 para cerca de 400 000 por ano até 2030 . Esta é a projeção alarmante de um novo relatório divulgado quinta-feira pelo UNICEF .


"Um enorme progresso tem sido feito em todo o mundo na luta contra a SIDA, a luta está longe de acabar, especialmente em relação às crianças e adolescentes", disse Anthony Lake, Diretor geral da UNICEF .

"A cada dois minutos, um novo adolescente, geralmente uma menina, está infectada com HIV. Se queremos acabar com a AIDS, precisamos redobrar os nossos esforços para ajudar todas as crianças e jovens ", acrescentou.


2 milhões já vivem com HIV


Especialmente em 2015, os números sobre esta população já é o suficiente para se preocupar. A UNICEF estima em cerca de 2 milhões o número de adolescentes com idades entre 10 e 19 anos que vivem com HIV em todo o mundo. Além disso, na África subsaariana, a mais afetada pela pandemia, três quartos das novas infecções entre jovens de 15-19 anos eram meninas. Pior, a SIDA continua a ser uma das principais causas de morte entre os adolescentes. Em 2015 ,41 000 adolescentes entre 10 e 19 morreram de Aids .


Para explicar este efeito terrível, a UNICEF afirma que "apenas metade das crianças nascidas de mães soropositivas são rastreados durante os dois primeiros meses de vida, e as crianças infectadas aguardam geralmente a idade de quatro anos, em média, antes de receber tratamento. "


Mas entre os outros dados importantes no relatório, podemos citar algum progresso notável na prevenção da transmissão do HIV de mãe para filho. Globalmente, , por exemplo, 1,6 milhão de novas infecções foram evitadas entre as crianças entre 2000 e 2015. No entanto, apesar desta última nota positiva, o UNICEF conclui com preocupação: "O financiamento para a luta contra a SIDA tem progressivamente diminuído desde 2014 ".

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL
Leia Mais ►

Carlinhos vidente previu acidente de avião com o " time da Chapecoense "


Convidado para fazer previsões para 2016 no programa "Olga Bongiovanni", Carlinhos Vidente disse que "um time inteiro de futebol vai morrer num avião".
Carlinhos no programa "Olga Bongiovanni"

"Vou contar uma [previsão] de primeira mão também: um time inteiro de futebol vai morrer num avião. Marca o que estou falando para vocês. Isso vai acontecer em um ano ou um ano e meio", disse Carlinhos Vidente, em março deste ano.

"Mas é um time do Brasil", perguntou Olga. "Essa é a pergunta. Não deu para levantar ainda se é um time do Brasil ou um time de fora", respondeu o vidente.

Fonte: O Dia
Leia Mais ►

Santiago de Cuba aguarda a chegada das cinzas de Fidel Castro


SANTIAGO DE CUBA - Para os cubanos que vivem nesta região oriental de Cuba, a decisão de Fidel Castro de colocar suas cinzas para descansar aqui era óbvia.
Santiago de Cuba se preparando para a chegada das cinzas de Fidel Castro. Foto: Jack Gruber, USA TODAY )


Havana pode ser a capital política, econômica e turística desta ilha Caribenha, mas a região montanhosa em torno de Santiago de Cuba foi onde a revolução de Castro, e toda sua história começou.

"É aqui que ele cavou as raízes de sua árvore da revolução", disse Magdeline Fernandez Gomez, 72 anos, residente de Santiago, cujo marido lutou com os rebeldes barbudos de Fidel nas proximidades das montanhas da Sierra Maestra..

As pessoas de Santiago passaram esta semana preparando-se para o funeral de Castro. Elas varreram calçadas, pintaram cercas e prepararam seu túmulo. O país vem honrando o ditador comunista durante toda a semana, com elogios de chefes de Estado estrangeiros e um cortejo de quatro dias de funeral 
Quando suas cinzas forem enterradas em um cemitério na manhã de domingo em uma pequena cerimônia familiar, ela completará uma história histórica que começou nesta região rural e remota.


Armando Labaceno, professor de história que escreveu extensamente sobre a história de Santiago, disse que o leste de Cuba sempre foi isolado da capital cosmopolita até agora ocidental. A região oriental - conhecida coletivamente como Oriente - considerava Santiago mais uma capital do que Havana jamais foi. É por isso que os pais de Castro, da cidade de Birán, enviaram um jovem Fidel para a escola em Santiago.

"Havana sempre foi a capital de Cuba, e respeitamos que Fidel tenha que viver e trabalhar lá", disse Alberto Perez, 45 anos, um trabalhador de refinaria de Santiago. "Mas foi aqui que sempre esteve o coração de Fidel."

A decisão de Castro de ser enterrado em Santiago também refletiu o desejo de estar ao lado de Martí. O poeta cubano, escritor, político e lutador pela liberdade é considerado o pai e fundador cubano . Sua estátua domina a Praça da Revolução em Havana, seus escritos são ensinados a crianças em idade escolar como o evangelho e sua imagem é vista em paredes e murais com a freqüência de Castro.

"Como ossos para o corpo humano, o eixo para a roda, a asa para o pássaro, e o ar para a asa, assim é a liberdade a essência da vida", escreveu. "Tudo o que é feito sem ele é imperfeito."

Labaceno disse que Castro pode ter implementado um sistema de governo marxista e comunista depois de assumir o controle, mas disse que os ensinamentos de Martí formaram a verdadeira base ideológica para o governo de Castro.

"Tudo o que aconteceu em Cuba, foi Martí que imaginou, escreveu sobre isso, e proclamou", disse Labaceno. - Fidel foi quem melhor interpretou isso.

É por isso que Gomez chora quando pensa no próximo funeral, quando um monumento a Castro será desvendado além do monumento a Martí no cemitério de Santa Ifigenia.

 Castro e Martí continuarão servindo de inspiração a todos os moradores do leste de Cuba que estarão prontos para atacar se outra revolução for necessária.

"Para nós, Fidel viverá sempre",  "Continuaremos sua luta."

Traduzido e editado pelo Blog Alagoas real
Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL
http://www.usatoday.com/story/news/2016/12/02/castros-ashes-make-their-way-remote-city-where-his-revolution-began/94841292/
Leia Mais ►

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Um surto de gripe aviária se espalha no sudoeste da França

Gripe Aviária H5N8


A Prefeitura de Gers confirmou a descoberta de três surtos de alta patogenicidade do H5N8, vírus da gripe aviária . Outro foi detectado nos Altos Pirenéus.


Todos são provenientes do mesmo foco primário confirmado em 1 de Dezembro, em uma fazenda de pato localizada na cidade de Almayrac,comunidade do Tarn, onde 5000 morreram da doença nos últimos dias.

No total, três surtos foram detectados no Tarn, onde cerca de 7.500 patos foram abatidos .

Os novos casos não têm ligação com o episódio que ocorreu no ano passado no sudoeste da França. O Ministério da Agricultura, disse que as exportações de produtos de aves francesas vão continuar.

Nenhum caso de transmissão para os seres humanos foi encontrado durante os surtos de gripe aviária tipo H5N8 na França ou no mundo. No entanto, as autoridades recordam que " o contágio do vírus em aves impõe medidas rigorosas de prevenção e controle, a fim de limitar o impacto econômico ."
Leia Mais ►

Surto de Difteria continua avançando com o silêncio das autoridades de saúde da Venezuela


O paciente que morreu de difteria no Hospital Domingo Luciani em Caracas tinha 32 anos, e trabalhava no serviço de atenção básica a saúde pública e manteve contato com alguém que passou uma grande quantidade de tempo nas minas de Bolivar , e foi assim que provavelmente contraiu a doença. O resto é um segredo.
Difteria


Os médicos da Sociedade Venezuelana de Saúde Pública e da Red Defender a Epidemiologia Nacional ,anunciaram o primeiro caso suspeito faz alguns dias, mas não oficialmente . Eles têm conhecimento que o filho da paciente que faleceu está com sintomas da difteria,, mas não sabem a sua localização.


Um dia após a morte da paciente, ainda estão se perguntando onde ela morava, onde ela trabalhou e se muitas pessoas tiveram contato com ela. Há dois rumores sobre a sua residência: Petare ou Valles del Tuy . As duas localizações preocupam as entidades médicas locais :. "Se você viveu em Petare deve ter usado o Metro de Caracas ; nos vales, a estrada de ferro. Pensando assim quantas pessoas ela poderia ter entrado em contato ? , "disse o epidemiologista Andrew Barreto.


Além de demonstrar descaso o Ministério da Saúde oculta informações. tornando difícil o tratamento. Não sabendo onde o paciente viveu, não se pode fazer um cerco epidemiológica para proteger os seus vizinhos, nem realizar testes.


"Vivemos em um grupo de quatro ou cinco milhões de pessoas em Caracas. O fato de que existem casos e a localização exata ser desconhecida, isso é muito grave "


Entre 5 e 10 dias após o contato com um paciente infectado, a pessoa começa a mostrar os sintomas da difteria . O deputado à Assembleia Nacional, José Manuel Olivares informou que no Hospital Miguel Perez Carreno dois casos suspeitos foram notificados.


Não é a primeira vez que algo como isso acontece. Desde o retorno da doença para o país -após 24 anos de ser erradicada, o Governo não cumpriu as normas de notificação de surtos da Organização Mundial da Saúde , existente desde 2004.


Quando o surto era apenas limitado ao estado de Bolívar , as autoridades locais divergiam sobre o assunto uma com a outra em mais de uma ocasião . Por exemplo, o governador Francisco Rangel Gómez falou duas vezes: primeiro disse que havia 13 casos e a segunda para dizer que não havia nenhum.


Em adição, o Dr. Barreto disse que falta uma política de comunicação do Ministério da Saúde com a não publicação de boletim epidemiológico . Desde 2014, os números para as principais doenças que ocorrem no país não são conhecidos.


Em 6 de Outubro as duas organizações emitiram um segundo aviso afirmando que nenhuma autoridade se tinha pronunciado sobre o assunto, 20 dias após o primeiro alerta.


"Ao não informar a população de que existe uma doença , ninguém se preocupa com isso , " disse Barreto. " Eles ocultam informações e as pessoas não conhecem. Ocorrem assim mais casos, e mortes"

Leia Mais ►

Infecções por vírus Mayaro no Brasil


Distribuição do vírus Mayaro (MAYV) na América Central e do Sul
Distribuição do arbovírus Mayaro (MAYV) na América Central e do Sul




No Brasil, em 2016, 5 casos de infecção do vírus Mayaro foram detectados em pacientes residentes no Estado do Amazonas. De acordo com a Fundação de Medicina Tropical 5 casos identificados foram encontrados durante um projeto de pesquisa colaborativa com a Fiocruz ( Fundação Oswaldo Cruz ), cujo objetivo é identificar os vírus responsáveis por síndromes febris agudas. Em 2016, de 685 amostras de pacientes com sintomas febris agudas, 5 foram diagnosticados positivos para o vírus Mayaro (1 em Janeiro, 3 em Fevereiro e 1 em Março).


O vírus Mayaro é um arbovírus do gênero Alphavirus, da família Togaviridae, endêmica na Bolívia, Brasil, Guiana Francesa, Guiana, Suriname e Trinidad e Tobago.

É transmitido por um artrópode, principalmente Haemagogus janthinomys , a partir de um reservatório de roedores (Orymys, Nectomys e Proechimys), aves (Colombigallina e Icterus) e primatas (Callithix).


Ele é responsável por uma doença benigna que resulta em uma síndrome dengue-like, semelhante à gripe com febre, dor de cabeça, dor nas articulações, muitas vezes associada a uma erupção papular. Ela é geralmente leve.


A febre do vírus Mayaro é endêmica em áreas de floresta da América Central e do Sul (Amazônia) e do Caribe.
Leia Mais ►