terça-feira, 25 de setembro de 2012

Fotos do IML de Maceió





O Sindicato dos Médicos divulgou para a imprensa Alagoana fotos que mostram a realidade do IML de Maceió. 




"Os médicos de Alagoas estão demonstrando que a categoria têm força. Não sou bandido, represento uma categoria importante para a sociedade e luto pelo bem estar daqueles que tanto fazem bem à população," destacou o dirigente Welligton Galvão.

Com péssimas condições de trabalho e baixos salários, os legistas do Instituto Médico Legal de Maceió e Arapiraca retomaram greve na última sexta-feira, 21 de setembro. "É uma imoralidade a saúde no estado de Alagoas", criticou Wellington Galvão.

Galvão chegou a ser preso na tarde da última segunda-feira (24), mas logo foi liberado. Houve protesto dos médicos na delegacia repudiando a prisão. 

Diversas entidades médicas, também emitiram nota de repúdio contra a decisão judicial. Na tarde desta terça-feira (25) nova reunião com o governo está agendada para ás 16 horas. 

A categoria exige a média salarial do nordeste, em torno de 9 mil reais. Em Alagoas a média é de R$ 2,8 mil.
Leia mais :

LEGISTAS DECIDEM MANTER GREVE; PAUTA DE REIVINDICAÇÕES É REFORMULADA

Nenhum comentário :