Embaixada da China confirma 21 casos de infecção pelo vírus H7N9



Shanghai, 8 abr (Xinhua) -- A China registrou mais infecções pelo vírus H7N9 no domingo, chegando a um total de 21 casos confirmados no momento em que o país se apressa para combater a doença que já deixou seis mortos.

O último caso confirmado de H7N9 foi registrado na província de Anhui, leste da China, e é de um homem de 55 anos que trabalha com comércio de aves e foi diagnosticado com o vírus, disseram no domingo as autoridades locais de saúde.

O Centro Chinês de Controle e Prevenção de Doenças (CCDCP, na sigla em inglês) diagnosticou o paciente, de sobrenome Li, como positivo para o vírus H7N9 de gripe aviária no domingo.

Antes do caso de Li ser confirmado, a Comissão Nacional da Saúde e do Planejamento Familiar (NHFPC, na sigla em inglês) divulgou que havia um total de 20 casos de infecção pelo vírus H7N9 no país às 17h no domingo, incluindo dois casos que foram registrados recentemente em Shanghai no domingo.

Um dos casos é residente de Shanghai e o outro da província vizinha de Anhui, de acordo com as autoridades de Shanghai.

Os dois pacientes do sexo masculino, de 67 e 59 anos, apresentaram sintomas de gripe no final de março e foram diagnosticados com pneumonia ao longo da última semana, revelou a Comissão de Saúde e Planejamento Familiar de Shanghai em uma declaração.

Até o momento, somente Shanghai teve 10 casos confirmados de H7N9, sendo que quatro resultaram em morte. Os outros seis pacientes foram colocados em quarentena e estão recebendo tratamento.

Às 17h de domingo, três casos, incluindo dois que acabaram em morte, foram registrados na província de Zhejiang, leste da China, seis casos na província de Jiangsu, e um caso na província de Anhui, de acordo com a NHFPC.

Os governos de nível provincial por todo o país reforçaram seus esforços em sua luta contra a doença, mesmo que não haja registro de casos em algumas regiões.

Reagentes para exame do vírus H7N9 da gripe aviária também foram distribuídos para 409 pontos de monitoramento da gripe por todo o país, de acordo com uma declaração do CCDCP.

O centro também forneceu materiais para exame e instruções de como conduzir um exame a hospitais para tratamento de doenças infecciosas e agências de pesquisa.

No sábado, a China aprovou uma nova droga que acredita-se ser eficaz no tratamento da gripe aviária H7N9.

Uma equipe de trabalho da NHFPC disse no domingo que o tratamento médico para os pacientes infectados que estão em condições críticas deve ser reforçado para tentar evitar fatalidades.

Comentários