Não há vacina para o H7N9,porém resultados preliminares indicam que o virus é susceptível aos inibidores de neuraminidase

Não há vacina,porém resultados preliminares indicam que o virus H7N9 é susceptível aos inibidores de neuraminidase (oseltamivir e zanamivir)

Infecção humana pelo vírus da influenza aviária A(H7N9) na China - atualização

Segundo informações de documento da OMS/WHO de 05/abril/2013:

O quadro clínico associado à infecção vem sendo pneumonia grave, com sintomas que incluem febre, tosse e dispneia.

Em relação à transmissão do vírus H7N9, as informações preliminares apontam que alguns casos confirmados tiveram contato prévio com aves ou locais com presença de aves. O vírus H7N9 foi identificado em um pombo de um mercado de Shangai. As investigações vêm focando tanto a transmissão animal-humano quanto pessoa-pessoa.

Não há vacina e o vírus parece ser susceptível aos inibidores da neuraminidase.

A OMS/WHO  aponta que o risco de pandemia é desconhecido(incerto).

Para conhecer a versão integral do documento,

Comentários