SINMED : cópia do relatório sobre as urgências e emergências da rede estadual foi entregue ao Senador Calheiros


A audiência com o Senador Renan Calheiros durou cerca de 40 minutos. Ele recebeu muito bem o Sinmed e disse que já tinha conversado sobre a crise da saúde em Alagoas com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. Mas garantiu que voltará a procurá-lo, assim como prometeu procurar também o governador de Alagoas para discutir a situação.

Antes de irem ao Senado, o presidente do Sinmed, Wellington Galvão, e a diretora Edilma Barbosa, passaram na FENAM e imprimiram uma cópia do relatório do sindicato sobre as urgências e emergências da rede estadual. O documento - fartamente ilustrado com fotos que ficaram ainda mais reais e chocantes ao serem reproduzidas pela super impressora da FENAM - foi entregue ao Senador Calheiros junto com a edição da Gazeta de Alagoas que trouxe a reportagem sobre o HGE.

Pelo entendimento do Senador, é possível que a solução para o impasse entre a categoria e o governo tenha mesmo que passar pelo aumento do repasse de recursos per capita do Ministério da Saúde para o Estado.

Sobre isso, os dirigentes do Sinmed lembraram ao Senador Renan Calheiros que isso aconteceu em 2007, mas que o governo fez uma manobra para anular o reajuste salarial que concedeu à categoria, mas que, desta vez, os médicos não aceitarão mais gratificação, aumento de gratificação ou qualquer outra forma de reajuste que não esteja amarrada em lei e seja definitiva.

Renan Calheiros ficou de tomar suas providências e depois entrar em contato com o Sinmed para falar de resultados. 

O momento, agora, é de esperar.

ASCOM -SINMED

Comentários