Centenas de recém-nascidos possivelmente expostos à tuberculose


Uma funcionária da maternidade do St. Luke's-Roosevelt Hospital foi diagnosticada com tuberculose provavelmente pulmonar e bacilífera expondo centenas de recém-nascidos e seus familiares.
A funcionária, cujo nome não foi revelado, do departamento de obstetrícia do hospital localizado na 10th Avenue e W. 59th Street pode ter sido infectante por vários meses . Até o momento não houve pacientes com testes positivos , informou o porta voz do Departamento de Saúde da cidade de Nova Iorque.


"A funcionária foi diagnosticada em outra jurisdição e o Departamento de Saúde foi notificado porque o local de trabalho era na cidade de Nova Iorque", informou o porta voz do Departamento.


A todos os potenciais pacientes expostos estão sendo oferecidos avaliação e testes, informou um porta voz do hospital ao The New York Post. O hospital não sabe dizer por quanto tempo a profissional com tuberculose esteve em contato com pacientes e em que área.


"Imediatamente após tomar conhecimento da doença da nossa funcionária o Roosevelt Hospital fez contato com o Departamento de Saúde da cidade de Nova Iorque informando da situação e da necessidade de estabelecer um plano para identificar os contatos possivelmente expostos. "Essa funcionária foi testada previamente para tuberculose e a avaliação de saúde do trabalhador não apontou problemas", informou. Funcionários do hospital que tiveram contato com a profissional infectada também serão avaliados, acrescentou o comunicado. A notícia foi recebida com preocupação pelos pacientes na quinta-feira 31/outubro/2013.

Comentários