Medicina em Cuba...cruel apartheid



Uma das maiores falácias sobre a chamada "Revolução Cubana" tem a ver com saúde.

Estrangeiros que visitam Cuba são enganados com a linha oficial da máquina de propaganda dos Castro: "Todos os cubanos podem receber cuidados de saúde excelentes, que também é gratuito."

Cuba,digna e segura?




Ao governo cubano urge fazer do turismo médico um forte gerador de receita . Reabilitação de drogas , tratamentos oftalmológicos , procedimentos de cirurgia plástica estão os procedimentos que os estrangeiros buscam na Ilha
30 de julho Clínica para estrangeiros e ricos comunas em Cuba
A principal fonte de renda estrangeira de Cuba é a venda de serviços médicos para outros países, legiões de médicos e enfermeiros - funcionários fixos assalariados , viajam para o exterior para trabalhar após a assinatura de acordos com o país anfitrião. Mesmo gerando bilhões de dólares por ano, não é suficiente para cobrir uma economia em crise , o turismo médico seria uma outra tábua de salvação. Servimed empresa que vende serviços médicos para estrangeiros , tem sites em Espanhol, Francês e Inglês , os dois últimos direcionado principalmente para os canadenses .


Mas a verdade é muito diferente. Castro construiu excelentes resorts de cuidados de saúde, para os estrangeiros , porque eles pagam divisas por esses serviços.(La Pradera International Health Center)

Cuba recebeu 2,8 milhões de turistas em 2012, mas mantém em segredo quantos desses estrangeiros viajaram para a ilha para tratamento médico.


La Pradera International Health Center



"Cuba tem os melhores médicos do mundo", disse Maradona , amigo de Fidel Castro, após o tratamento medicamentoso contra as drogas , parece que não serviu muito- a lenda do futebol argentino , ficou tão encantado com a ilha que tem uma tatuagem de Che Guevara em seu ombro direito e uma imagem de Fidel Castro tatuado em seu tornozelo esquerdo.
Maradona, por exemplo, já viajou várias vezes a Cuba para  combater seu vício em drogas e tem recebido atenção no luxuoso hospitais Castro construído para o uso exclusivo de estrangeiros e turistas.


Alguns líderes africanos e latino-americanos também têm procurado atendimento médico em Cuba , incluindo o do Equador , Rafael Correa e o falecido Hugo Chávez.

A Clínica Cira Garcia em Havana, é reservada apenas para os estrangeiros , a cirurgia de aumento de mama custa $ 1248 , em comparação com US $ 6.000 nos Estados Unidos, 4.350 dólares no Reino Unido e US $ 2.500 no México , de acordo com dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) . "Nesta clínica lidamos com todos os tipos de especialidades médicas ", disse a vice-diretora do Centro Médico Maria Antonieta Gonzalez e esclareceu que se um especialista não estiver disponível, usa outros profissionais de outras clínicas.


Mas os cubanos não estão autorizados a utilizar essas instalações. Cubanos que requerem atenção médica devem ir para outros hospitais, que não possuem os requisitos mínimos para cuidar de seus pacientes
Consultório Médico para os Cubanos

Leito Hospitalar para os Cubanos


 Como são diferentes  essas clínicas para estrangeiros, dos hospitais para os cubanos ,que são sujos com móveis dilapidados , sem água corrente nos banheiros , sem papel higiênico e onde muitos medicamentos são escassos .

Além disso, a maioria destas instalações são imundas e os pacientes têm que trazer suas próprias toalhas, lençóis, travesseiros,e se eles não fizerem isso, teriam que dormir em colchões manchados com sangue e outros fluidos corporais.

Muitas consultas médicas permanecem em aberto porque o trabalho é prestado por estudantes de medicina que frequentam o terceiro ano ( falta de habilidade e responsabilidade profissional.)

Nas imagens a seguir podemos ver a tristeza da presumida excelência médica cubana

Sala para coletar sangue




Laboratório

Sala de observação em Hospital de Urgência para os Cubanos



Banheiro do Hospital Salvador Allende(Covadonga)



É provável que enquanto durar o apartheid dos serviços médicos em Cuba e a população tenha sempre o acesso negado aos cuidados básicos de saúde, com  hospitais diferenciados que cuidem exclusivamente dos estrangeiros e de membros da cúpula comunista, os cubanos resistam e mantenham a opção de não utilizar o sistema de saúde, e escolham Santeria e a Medicina verde ( Das ervas) para obter a cura - Nesse sistema prevalece a insatisfação generalizada dos Cubanos pela má qualidade desses serviços.

Às vezes, os cubanos, trocariam 10 médicos por uma aspirina para acalmar-lhes qualquer dor. Em qualquer cidade de Cuba seus habitantes dariam a metade dos médicos por 10 caixas de antibióticos. Se eles pudessem, eles iriam colocar anúncios no jornal dizendo "eu troco o Dr. Gonzalez e Dr. Menendez por algumas penicilinas".

Mais de 10 milhões de cubanos dariam de presente todos os médicos do país em troca de uma simples passagem só de ida para Miami.

Espero ter sido um post construtivo para todos.

Fontes:
http://www.taringa.net/posts/info/2478600/Medicina-en-Cuba-cruel-apartheid.html
http://www.cubanet.org/actualidad/actualidad-destacados/las-dos-caras-de-la-medicina-cubana-clinicas-solo-para-extranjeros/


Comentário do Alagoas Real:

Após o relato dos autores das postagens originais que foram traduzidas pelo Blog para o português , as quais mostram o verdadeiro sistema de Saúde( Entenda de Doença) em Cuba, fica mais fácil entender a frase da Cubana Amarilys a época de sua chegada em Maceió, em entrevista a um site local.


"Mas as condições precárias parecem não estar assustando, à primeira vista, os médicos estrangeiros. Amarilys Alonso Madero foi outra profissional que desembarcou no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares. Ela dise que não é preciso muitos exames e materiais sofisticados para entender o que se passa com o paciente. “Nós queremos olhar nos olhos deles, sentir eles, porque as pessoas precisam aprender a cuidar de gente”, afirmou Amarilys."


Espero que ela e os demais estejam cientes da resolução do CFM 2.056/2013 que estabelece regras mínimas para os serviços de assistência médica., e esqueçam a Santeria Cubana ao assistir a nossa população!



Por hoje é só!


Mário Augusto




Basta assistir ao vídeo do Hospital Hijas de Galicia em Havana , para verificar os dois lados da saúde pública cubana :





.



Fonte:Youtube

É importante a leitura de:

Comentários