O sequestrador das minhas fantasias - por Yusnaby Pérez


Escrevi para a alma , escrevi para o vento , escrevi para o ser humano que vai dentro de mim. Pense como se fosse esquecer por alguns momentos, quem realmente é você. Cultivar o Respeito quebrando a rotina diária: aqui estou.


"Você realmente está em Cuba? " Várias vezes ao dia me perguntam fazendo traição a ausência espiritual de respostas no meu país.Adeus Cuba! Eu estou indo embora porque não te vivo , te esqueço porque não te penso e te enterro porque estou em sofrimento . Adeus minha terra ! Adeus para sempre.

Com pesadelos de " Pátria ou Morte " morro e me transformo em poeira,em cinzas que ainda queimam , mas nunca te darei o meu país . Sequestrada minha dor sobrevive em meu coração ansioso de um batimento mínimo . Pum ! Pum ! Eu o sinto, mas não é o meu.
Adeus Cuba!

Amar a Democracia foi meu castigo, minha pior traição e o golpe mais baixo recebido. Eu sou mercenário da razão, inimigo de mim mesmo e burguês do cinismo. Total! Todo esse drama , porque eu não quis seguir o seu caminho !

Você não é meu pai. Você não é meu amigo. Você disse que um dia ia se tornar o líder de todos os cubanos , mas não me enganaste , porque tampouco acreditei em você . Você traiu a minha avó , minha mãe e que trabalho ... me custa neutralizar suas mentes ! Eu era um péssimo aluno de sua doutrina pois jamais entendi que minha sorte se devia a você . Nenhuma vez copiei suas aulas e nos livros em que você aparecia, não abri . Mas eu li "A história me absolverá " e até mesmo fui reprovado na prova de história por escrever uma avaliação " equivocada " de vocês .

Eu nunca vou esquecer aquele dia na pré-escola que a diretora me mandou para um psicólogo , porque eu disse que você estava errado . Você pode imaginar todos os domingos que eu queria ver os desenhos animados na TV e tinha que ver você ? Você era o sequestrador das minhas fantasias .

Adeus minha Cuba , te direi adeus estando aqui;para surpreendeste um dia, quando você menos esperar e dizer : Jamais me fui!

Do Original em Espanhol:
El secuestrador de mis fantasías

Comentários