Adolescente morre por febre maculosa em Santa Cruz do Rio Pardo-SP


A Secretaria de Saúde de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) confirmou nesta quinta-feira (19) dezembro/2013, a morte de um adolescente de 15 anos por febre maculosa.

Segundo a secretaria, o paciente foi picado pelo "carrapato-estrela"
Amblyomma cajennense há 1 mês. A doença não era registrada na cidade há mais de vinte anos.

Para advertir a população das áreas de risco, a Secretaria de Saúde espalhou placas às margens do Rio Pardo. A mensagem adverte para que a pessoa após passar pelo local indicado, verifique o corpo e a roupa para saber se não tem nenhum carrapato.

A secretaria não liberou mais detalhes sobre o caso e nem o local exato onde a pessoa pode ter sido contaminada pela doença. A Superintendência de Controle de Endemias esteve na cidade e confirmou que nos pontos sinalizados existe o carrapato transmissor da doença.
Nenhum dos locais sinalizados foi interditado.

Para conhecer o número e distribuição (segundo município de transmissão) dos casos de febre maculosa brasileira no estado de São Paulo, acesse:


Para conhecer o número de casos, incidência e letalidade da febre maculosa, entre 1985 e 2013, no estado de São Paulo, acesse: http://www.cve.saude.sp.gov.br/htm/zoo/fm_inc.htm

Globo-Promed

Comentários