Médica Cubana apresentou "surto psicótico" depois de receber o primeiro salário


Uma médica cubana que veio para o Piauí servir no programa "Mais Médicos", do governo federal, voltou para Cuba após um surto psicótico no interior do Estado. A médica de 40 anos, cujo nome não foi revelado, trabalhava numa cidade do interior do Estado na região Norte. Depois de receber o primeiro salário, decepcionou-se, surtou e acabou sendo trazida para Teresina. Aqui foi internada no Hospital Psiquiátrico Areolino de Abreu, onde foi submetida a tratamento com acompanhamento de um psiquiatra. Passou dez dias internada, recuperou-se e voltou para Cuba. A informação da internação foi confirmada pela direção do hospital. Sobre a identificação da médica, a diretora do hospital, Dra. Maria das Graças Martins, informou que não poderia fornecer os dados por ferir o código do ética da profissão.

http://www.diariodopovo-pi.com.br/VerNoticia.aspx?id=18593

Nota do Blog:

Tenho dúvidas ante a Lei Cubana 264. Em cuba é normal a ditadura utilizar os ensinamentos do nazista Goebbels
Decreto Lei 264 de 02/03/2009 estabelece duras sanções aos Cubanos que desertam das Missões dos Castro -(0 comments)

Comentários