Mais Médicos : SIMERS denuncia exercício ilegal da profissão


Gravataí: SIMERS denuncia exercício ilegal da profissão
31 de janeiro de 2014

O Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (SIMERS) notificou o Prefeito e o Secretário Municipal da Saúde de Gravataí a prestar esclarecimentos sobre a autorização ilegal que permitiu a atuação de profissional estrangeira vinculada ao programa Mais Médicos. A intercambista fez plantão clínico diurno de 12 horas, no dia 5 de janeiro, no Serviço de Urgência e Emergência 24 horas (SUE).

A profissional não possui registro regular, o que lhe habilitaria ao exercício da medicina no Brasil. Dessa forma, configura-se caso de exercício ilegal da profissão. O SIMERS encaminhou a demanda ao Conselho Regional de Medicina (CREMERS) para análise da conduta da diretoria técnica do SUE e exigiu providências para coibir a reincidência da prática.

O SIMERS também denunciou o caso ao Ministério da Saúde, ao Ministério Público Federal, à Procuradoria Regional do Trabalho da 4ª Região, à Promotoria de Justiça Cível de Gravataí e à Polícia Federal. No caso da PF, para que seja avaliada a situação da médica intercambista, que exerceu atividade diversa da permitida no seu visto de entrada e permanência no país.

http://www.simers.org.br/gravatai-simers-denuncia-exercicio-ilegal-da-profissao-noticias-4298.html

Comentários