Kerry insiste a Maduro que pare "campanha de terror contra o seu próprio povo"


O secretário de Estado dos EUA, John Kerry, disse hoje que seu país continua seus esforços diplomáticos para conseguir que o presidente venezuelano, Nicolas Maduro pare com a "campanha de terror contra seu próprio povo." 


"Estamos envolvidos na tentativa de encontrar uma maneira de obter que o governo de Maduro fale com seus cidadãos (...), que pare esta campanha de terror contra o seu próprio povo e respeite os direitos humanos", disse Kerry em uma audiência ante a Comissão dos Assuntos Externos da Câmara dos Representantes. 



Comentários