Mais uma morte no Mais Médicos do Brasil



Cubano, integrante do Mais Médicos, morre em Salvador; suspeita é de infarto


" Fidel operou em Cuba durante todos os anos em que esteve no poder como chefe supremo da espionagem de Cuba (G2). Ele tomou decisões em todos os casos importantes , e os desertores que sempre feriram Cuba tornaram-se seus casos sujos "( Assassinato em Coral Gables: morte vinculada a Fidel Castro)






O médico cubano Pedro Juan Tamayo Martin, integrante do programa Mais Médicos, morreu nesta segunda-feira (14 de abril de 2014) em Salvador. De acordo com a assessoria da Secretaria de Saúde municipal (SMS), a suspeita é de que ele foi vítima de um infarto. Desde dezembro na Bahia, Tamayo Martins estava lotado na Unidade de Saúde da Família São José de Baixo, no Subúrbio Ferroviário da capital baiana. 


O corpo dele está no Instituto Médico Legal, responsável pela perícia. A Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que faz a intermediação de profissionais cubanos com o Brasil, já foi acionada para dar encaminhamento a repatriação do corpo. A SMS, em nota, lamentou o falecimento.
Bahia Notícias


Pedro Juan Tamayo Martin 


Foi o segundo caso de morte de profissional estrangeiro do Mais Médicos registrado no país desde o lançamento do programa, em julho de 2013. Há duas semanas, um médico cubano de 52 anos foi encontrado morto num hotel em Brasília.
.http://tnonline.com.br.

Comentários