SMS investiga suspeita de vírus ebola em paciente estrangeira



A Secretaria Municipal de Saúde de Londrina começou a investigar nesta quinta-feira (31) a suspeita de vírus Ebola em uma paciente estrangeira de 46 anos que procurou a Unidade Pronto-Atendimento do Jardim Sabará, na zona oeste da cidade.



De acordo com o secretário municipal Mohamad El Kadri, estão sendo realizados todos os exames para a verificação da doença. Ele não confirmou a origem da paciente, mas as primeiras informações dão conta que a mulher seria de Angola, na África.

"Existe a suspeita e ela está sendo investigada. É uma paciente que está há mais de 30 dias no país e a princípio não teria tido contato com ninguém com Ebola. O período de incubação do vírus é de 7 a 21 dias", explicou.

Como ainda estão sendo realizadas as sorologias e investigação clínica, ainda não há confirmação para o vírus da doença. A princípio, segundo El Kadri, o quadro não deve ser confirmado, já que os sintomas aparentemente são de doença crônica. "A doença é bem aguda e faz mais de 30 dias que a paciente conta não estar bem, inclusive teve quadro de emagrecimento. Tudo leva a crer que não seja e por isso a investigação mais aprofundada", pontuou
.Leia a reportagem completa no Portal O Diário clicando aqui.

Comentários