Reunião dia 22 no Sinmed com médicos que atuam no PSF e trabalham nos ambulatórios de Maceió



SINMED REÚNE  MÉDICOS DE MACEIÓ 

Enquanto espera uma audiência com o prefeito Rui Palmeira para expor e discutir as queixas dos médicos da rede municipal de saúde de Maceió, o SINMED conversa com a classe e discute as alternativas na busca de soluções para os problemas enfrentados. Depois de alguns encontros, contados telefônicos e discussões em redes sociais, chegou a hora de uma reunião ampliada, com o maior número possível de médicos que atuam no PSF e trabalham nos ambulatórios de Maceió. Esta reunião acontecerá amanhã, dia 22, no auditório do SINMED, a partir das 19 horas.

Os assuntos em destaque na pauta desse encontro são as péssimas condições de trabalho na rede de atendimento, o congelamento dos salários dos médicos com carga horária de 40 horas semanais, o descumprimento das progressões do PCCV e a completa falta de informação sobre a chamada folha SUS. Isso tudo, entre outras queixas que os médicos têm levado ao sindicato. 


A ‘crise’ na atenção básica, por exemplo, parece não ter fim. Sobre isso, aliás, a diretoria do SINMED pretende agendar uma audiência com a secretária da saúde, Sylvana Medeiros, que pode ocorrer com maior brevidade, já que o prefeito Rui Palmeira ainda não demonstrou interesse de cumprir a promessa de campanha de dialogar com a classe médica. O sindicato vai continuar insistindo nesse diálogo.

Coluna do SINMED de Alagoas que será publicada no Jornal Gazeta de Alagoas (domingo,21 setembro de 2014)

Comentários