Brasil financiou mega-porto de Mariel aceitando garantias em pesos cubanos




Em seu último debate com Dilma Rousseff, Aécio Neves disse ter provas de que o secreto financiamento do projeto em Cuba, é devido às suas condições privilegiadas. 



Neves disse que tinha em sua posse um documento que mostra que a administração de Dilma aceitou em pesos cubanos e através de um banco na ilha, e não como geralmente é feito,em euros ou dólares e por meio de um banco internacional respeitável para garantias do empréstimo de pouco mais de 800 milhões dólares realizado pelo banco de desenvolvimento, o BNDES, a empresa de construção brasileira Odebrecht para obras em Mariel.
Brasil financiou mega-porto de Mariel aceitando garantias em pesos cubanos
Brasil financiou mega-porto de Mariel aceitando garantias em pesos cubanos


Aécio Neves disse ainda que tinha recebido um documento que enviou para o gabinete do Procurador Geral da República para investigação,proveniente do Ministério do Desenvolvimento Econômico que diz que o financiamento para Cuba, ao contrário do financiamento para outros países onde a duração normal de amortização é de 12 anos, foi de 25 anos.

Editado e traduzido pelo Blog Alagoas Real.
Se copiar é obrigatório citar a fonte original,e o Blog Alagoas Real,com seus links anexos!


“Brasil financió megapuerto de Mariel aceptando garantías en pesos cubanos”

Comentários