Em Cuba foram reduzidas as consultas com médicos especialistas


Um quarto no Hospital Materno de Santiago de Cuba
Cubanos têm menos consultas médicas com especialistas

Cuba assinou durante a Feira Internacional de Havana, novos acordos com agências de viagens do Canadá para promover o turismo de saúde enquanto na ilha Cubana as consultas médicas em pelo menos sete especialidades,  foram reduzidas.



Em 1993, as instalações médicas e de assistência social da ilha contavam 65.392 leitos; porém no ano passado foram apenas 45.690 (30% menos).


De acordo com a Oficina Nacional de Estatísticas e Informações de Cuba, no ano passado foram reduzidas as consultas externas para a população cubana nas seguintes especialidades:

Medicina Interna, Dermatologia, Cirurgia Geral, Ortopedia e Traumatologia, Ginecologia, Pediatria e Psiquiatria: 
Especialidad 20122013
Medicina Interna22 657 36122 619 133
Dermatología841 632834 881
Cirugía General375 228370 377
Ortopedia y traumatología924 815918 886
Ginecología950 947925 549
Psiquiatría899 075851 826
Pediatría11 077 52410 760 075

O médico de família de Holguin , Eduardo Cardet disse que Os cubanos têm menos consultas médicas com especialistas

No total, mais de 50.000 cubanos prestam serviços em países terceiros ,e com eles Havana recebeu cerca de 8.2 milhões de dólares em 2014.


O médico cirurgião Eduardo Herrera, que trabalha no Hospital Calixto Garcia, considera grave as diferenças "abismais" entre os centros que atendem ao turismo e aqueles que assistem os cubanos.

.
Editado e traduzido pelo Blog Alagoas Real.
Se copiar é obrigatório citar a fonte original,e o Blog Alagoas Real,com seus links anexos!
Cubanos disponen de menos consultas médicas de especialistas

Comentários