Doença não identificada, Brasil,Bahia : surto, miopatia, - informações recebidas do EpiCore

Brasil


23/12/2016

Doença não identificada - Brasil, Bahia : surto, miopatia, atualização, informações recebidas do EpiCore


Abaixo informações enviadas/compartilhadas pela Dra. Tatiana Otero Melendez em resposta a Doença não identificada - Brasil  (Bahia )

1) Pergunta ProMED-PORT: Há algum outro vínculo entre as famílias de pacientes que não o consumo de peixe?
Resposta EpiCore: "A maioria consumiu peixe".


2) Pergunta ProMED-PORT: Qual a faixa etária dos casos?
Resposta EpiCore: "Existem famílias com crianças e adultos afetados. Eu [Dra. Melendez] vi família com 5 membros que apresentavam 4, 11, 30-40 anos".

3) Pergunta ProMED-PORT: Qual o intervalo de tempo entre o consumo do peixe e o início dos sintomas?
Resposta EpiCore: "Depende da quantidade de peixe consumida. Um dia antes. A mãe, que foi quem consumiu maior quantidade de peixe, apresentou sintomas no dia seguinte, algumas horas após [o consumo, provavelmente -].

4) Pergunta ProMED-PORT: Qual foi a taxa de ataque entre aqueles que consumiram peixe? 
Resposta EpiCore: "Todos os pacientes que consumiram peixe apresentaram sintomas".

5) Pergunta ProMED-PORT: Houve coleta de amostras do(s) peixe(s) incriminado(s)/suspeito(s) para realização de exames/análises laboratoriais?
Resposta EpiCore: "Até o momento não, uma vez que em relação a maioria dos casos todo o peixe foi utilizado [consumido? Desprezado? -].

6) Pergunta ProMED-PORT: Há/houve algum vínculo entre os casos mais recentemente notificados e os primeiros casos suspeitos do surto?
Resposta EpiCore: "Não. Não há outros vínculos relatados".

7) Pergunta ProMED-PORT: Os últimos casos notificados são casos com início recente dos sintomas ou são casos antigos mas apenas recentemente notificados?

Resposta EpiCore: "Eu [Dra Melendez] fiz contato com a vigilância; eu tenho casos desde Julho".
[Seria importante saber quantos casos, suas características clínicas, seus antecedentes epidemiológicos - ].

8) Pergunta ProMED-PORT: Os casos mais recentemente notificados apresentaram alterações laboratoriais sugestivas de miopatia?
Resposta EpiCore: "Os casos apresentaram níveis bastante elevados de CPK [enzima creatinofosfoquinase - ] e dor; alguns deles apresentaram insuficiência renal".

9) Pergunta ProMED-PORT: Foi mencionado que amostras biológicas de 4 pacientes foram analisadas. Há algum resultado?
Resposta EpiCore: "Não há informação".

9) Pergunta ProMED-PORT: Qual a duração dos sintomas e alterações laboratoriais?
Resposta EpiCore: "Poucos dias".

Informação Epicore: os peixes incriminados e potencialmente associados ao surto de miopatia são badejo e "olho de boi".

Se copiar ou criar link,é obrigatório citar a fonte
Do original e o blog ALAGOAS REAL

Fontes:
Promed-Port
Enviado por: Tatiana Otero Melendez, médica infectologista, membro do Member, EpiCore Global Surveillance Project

Comentários