Site UCHO.INFO noticiou com exclusividade a polêmica compra do medicamento Chinês L-asparaginase


Ministério da Saúde pede teste de qualidade da L- asparaginase após reportagem

"Fabricada por um laboratório chinês e vendido ao governo por intermédio de uma empresa uruguaia, que não tem escritório no país sul-americano, a L-asparaginase carece de estudos científicos que comprovem sua eficácia, situação que coloca em risco a vida de aproximadamente quatro mil crianças brasileiras que sofrem de LLA.

Logo após a publicação da matéria pelo UCHO.INFO, em 17 de janeiro, o editor deste portal foi ameaçado por uma mulher que possivelmente tinha interesse no negócio nebuloso com o governo brasileiro. Na reportagem, este noticioso afirmou que um integrante graduado do Ministério da Saúde, durante reunião, disse: “O que vale é o preço, as crianças que morram”.






O ministro Ricardo Barros não apenas conhece a seriedade do trabalho jornalístico do UCHO.INFO, como sabe ser verdadeiro o conteúdo da nossa denúncia, inclusive dos detalhes explicitados na reportagem. Foi a partir da matéria deste portal que o programa dominical Fantástico, da TV Globo, entrou no caso.

Depois de muita insistência, Ricardo Barros decidiu conceder entrevista para falar sobre o assunto. O ministro criticou a jornalista da emissora carioca de querer desqualificar o produto. O nervosismo do titular da Saúde ao conceder a entrevista deixou claro que há algo errado por trás do negócio."

Leia o artigo completo : 
Leucemia Aguda: nervoso ao falar sobre medicamento chinês, ministro da Saúde precisa ser demitido

Comentários