Zika vírus : uma tempestade em construção nas Américas

 Zika vírus
 Zika vírus


Mais de 700.000 casos de doença do vírus Zika (ZIKAV) foram oficialmente notificados à Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) de 48 países e territórios das Américas. A resposta liderada pela OPAS e parceiros sugere grandes lições desse surto. Um patógeno aparentemente inócuo tornou-se o novo vilão, causando medo, perdas econômicas e, o mais importante, defeitos de nascimento debilitantes e problemas neurológicos, reafirmando o conhecido princípio de guerra de nunca subestimar o oponente. O ZIKAV testou as capacidades de saúde pública ao abrigo do Regulamento Sanitário Internacional, destacando a necessidade de um investimento contínuo na segurança da saúde. Por último, mas não menos importante, a falta de ferramentas adequadas foi outra lembrança da necessidade premente de soluções inovadoras para problemas persistentes. A América Latina e o Caribe possuem aproximadamente 500 milhões de pessoas que vivem em áreas com risco de transmissão de ZIKAV. A luta contra o ZIKAV não é uma corrida de 100 m, mas sim uma maratona na qual a ciência e a saúde pública precisam trabalhar lado a lado para o benefício de nossos povos.


© A Sociedade Americana de Medicina Tropical e Higiene
http://www.ajtmh.org/content/journals/10.4269/ajtmh.17-0207

Comentários