Doença viral da Febre do Rio Ross : Etiologia,vetores,sinais e sintomas,diagnóstico e tratamento

Vírus da Febre do Rio Ross imagem microscopia
Vírus da Febre do Rio Ross

Resumo 

  • O vírus do Rio Ross é transmitido por mosquitos. de animais infectados para humanos.
  • Em grandes surtos os mosquitos também podem espalhar o vírus de pessoas infectadas para outras pessoas.
  • Várias espécies de mosquitos podem atuar como vetores. O grupo Aedes ( camptorhynchus evigilax ) são os principais transportadores de RRV. No entanto, no interior da Austrália o Culex annulirostris é o principal .
  • Os animais nativos como wallabies e cangurus são os principais animais envolvidos no ciclo de infecção.
  • Quando um mosquito fêmea se alimenta do sangue de um animal infectado, o mosquito pode ser infectado com o vírus. O vírus pode então ser transmitido aos seres humanos ou outros animais quando o mosquito se alimenta novamente.
  • A inflamação das articulações , fadiga e dores musculares são os sintomas habituais da doença do rio Ross . 
  • Muitas pessoas infectadas também desenvolvem uma erupção cutânea. 
  • Reduza a chance de ser picado por mosquitos vestindo roupas compridas e usando repelentes de insetos eficazes em áreas propensas a mosquitos.
  • A infecção pelo vírus do rio Ross é uma doença que está relacionada com o vírus da Floresta de Barmah .Também pode ser conhecido como Febre do rio Ross.


A doença do vírus do rio Ross (RRV) pode causar inflamação e dor nas articulações,febre,dor de cabeça, especialmente atrás dos olhos,fadiga e dores musculares. Muitas pessoas infectadas também desenvolvem uma erupção de aparência variável. Todos se recuperam, embora algumas pessoas tenham sintomas intermitentes por um ano ou mais. 


A doença do vírus do rio Ross é causada por um alfavírus, que é transmitido por mosquitos. Aproximadamente 30 por cento das pessoas infectadas com o vírus desenvolverão sintomas de três a 11 dias após serem infectados com outros sintomas em desenvolvimento até 21 dias após a exposição. 


Quando estiver em áreas propensas a mosquitos, use roupas soltas e de cor clara e use repelente de insetos para ajudar a reduzir a chance de ser mordido por mosquitos.


A Artrite causada pela doença do rio Ross  dura de dias a meses. 

As articulações comumente afetadas incluem:

  • Pulsos
  • Joelhos
  • Tornozelos
  • Pequenas articulações das extremidades, tais como dedos das mãos ou dos pés.

Algumas pessoas podem ter sintomas transitórios que vão e vêm (mas se tornam menos graves) por um ano ou mais.



Outros sintomas da doença do vírus do Rio Ross


A doença do vírus de Ross  também pode causar:
  • Uma erupção da aparência variável no tronco e nos membros . Geralmente ocorre de um a 10 dias após o início da artrite e pode durar até sete a 10 dias
  • O aumento  dos gânglios linfáticos, especialmente na região inguinal ou na axilar
  • Uma sensação de "  agulhas"  na sola dos pés e palmas das mãos (em um pequeno número de pessoas infectadas).
  • Febre geralmente não é uma característica proeminente.


Tratamento

Não há nenhum tratamento antiviral específico para o vírus do Rio Ross e nenhuma vacina para impedir a infecção. Paracetamol pode ser usado para tratar dor e febre. Aspirina não deve ser administrada a crianças com menos de 12 anos de idade, a menos que especificamente recomendado por um médico.


Os mosquitos espalham o vírus do Rio Ross 

As pessoas podem ser infectadas com o vírus do Rio Ross  quando são picadas por um mosquito portador do vírus. Suspeita-se que os mosquitos pegam o vírus de cangurus e possivelmente outros marsupiais e roedores selvagens, que podem atuar como um hospedeiro natural para o vírus. Doenças transmitidas por insetos são conhecidas como doenças transmitidas por vetores.


A doença do vírus do Rio Ross é comum na Austrália

A doença do vírus do Rio Ross ocorre na maior parte das regiões da Austrália, particularmente em torno de vias navegáveis ​​interiores e regiões costeiras. As epidemias ocorrem de tempos em tempos e estão relacionadas a condições ambientais que favorecem a criação de mosquitos, como chuvas fortes, inundações, marés  e  altas temperatura. 

O uso excessivo de água, particularmente nas áreas rurais, também contribui para a criação de mosquitos.


Exames de sangue mostrarão se você tem o vírus do Rio Ross

Os exames de sangue podem revelar se uma pessoa foi infectada com o vírus recentemente ou no passado. Se houve um surto em sua área local, a doença pode ser diagnosticada por médicos exclusivamente através dos sintomas. No entanto, são recomendados exames de sangue para confirmar o diagnóstico.

A maioria das pessoas com a doença do vírus Rio Ross recuperam completamente a saúde dentro de um ano. O conhecimento atual sugere que o corpo constrói uma resposta imune ao vírus, que é provável que possa protegê-lo pelo resto da vida . Algumas pessoas podem ter sintomas que duram mais de um ano ou sintomas recorrentes, mas estes podem ser devido a outras causas. Consulte o seu médico para verificar o seu diagnóstico se estiver preocupado com os sintomas em curso.





Prevenção da doença viral do Rio Ross 

Para reduzir o risco de infecção:

  • Usar roupas longas, de cor clara, soltas e usar repelentes de insetos eficazes, que precisam ser aplicados regularmente de acordo com as instruções do fabricante.
  • Evite áreas propensas a mosquitos, especialmente ao entardecer e ao amanhecer, quando os mosquitos são mais ativos e propensos a picar.
  • Certifique-se de que o seu alojamento tem telas adequadamente instaladas em janelas e portas externas.
  • Reduzir o número de potenciais habitats de reprodução de mosquitos em torno de sua casa, assegurando que não há água estagnada presente. Os recipientes que contêm água devem ser esvaziados e lavados regularmente.
  • A Auto-proteção contra picadas de mosquito é a chave para a prevenção.
  • A proteção pessoal e a gestão ambiental dos mosquitos são importantes na prevenção de doenças. 


EDITADO E TRADUZIDO
SE COPIAR É OBRIGATÓRIO CITAR O LINK DO BLOG AR NEWS

Fontes:
https://www.betterhealth.vic.gov.au/health/conditionsandtreatments/ross-river-virus-disease
http://www.sahealth.sa.gov.au/wps/wcm/connect/public+content/sa+health+internet/health+topics/health+conditions+prevention+and+treatment/infectious+diseases/ross+river+virus+infection/ross+river+virus+infection+-+including+symptoms+treatment+and+prevention
http://www.virology.wisc.edu/virusworld/imgency/rrvRRV3D.jpeg


Comentários