Em menos de 72h após confirmar , SESAU dá nova versão e nega Febre Amarela em Alagoas

Após 52  dias a espera de um diagnóstico, o resultado é negado em menos de 72h
 SESAU dá nova versão e nega Febre Amarela em Alagoas




Em de 19 de março de 2017, o Blog já questionava a demora no resultado dos exames na postagem: Febre Amarela : Mais de 40 dias e ainda não há definição conclusiva sobre os 2 casos suspeitos em Alagoas . Em 28 de março a Secretaria de Estado e Saúde de Alagoas, liberou uma nota técnica confirmando a morte de um primata não humano em Alagoas por Febre Amarela. Veja a postagem : SESAU , Maceió - AL : Nota técnica sobre morte de primata não humano ( macaco) por Febre Amarela . Após realizar a leitura da Nota da SESAU, o Blog AR escreveu sobre o que deveria ser feito em Maceió capital do estado de Alagoas ,a época que foi encontrado um sagui morto em janeiro deste ano ( 2017 ) na mata do Tabuleiro dos Martins ,próximo ao IBAMA. Veja a postagem : O procedimento correto quando encontramos um macaco morto - Epizootia - Febre Amarela - Maceió/AL . Hoje , 31 de março de 2017 ,a SESAU após aproximadamente 2 meses do caso ter permanecido em investigação, com confirmação  há 3 dias da positividade para a Febre Amarela no macaco encontrado morto em Maceió , a SESAU mais uma vez ,em novo comunicado, revela que outros exames foram realizados e os mesmos deram negativos para a doença em questão.


Com essa conduta adotada para o fornecimento de informações em vez de tranquilizar a população Alagoana ,ela tem como efeito negativo , o aumento da insegurança e descrença na gestão da saúde em nosso Estado.


Quando a política subjuga a saúde


Não é a vontade pessoal que irá triunfar e subjugar o interesse social,colocando em risco os princípios de liberdade, igualdade e o direito a informação . A saúde de outrem, não pode ser relegada nem ter artimanhas no lácio que confundam a compreensão e que dominem a sociedade e à lógica.

Por hoje é só

Maceió 31 de março de 2017

Mário Augusto



Outros artigos para leitura no Blog




Comentários